Nós com você, Monique Kessous

         
       Finalzinho do ano passado fui visitar uma professora muito querida num hotel em Boa Viagem. Na volta para casa peguei um Uber e o motorista estava sintonizado na Nova Brasil FM (canal de rádio maravilha que só toca músicas da MPB). Durante o trajeto, começou a toca uma música nova, pensei que fosse Marisa Monte, mas o locutor disse que a cantora era Monique Kessous e a música era “Eu sem você”. Depois disso, passei o restante do caminho para casa repetindo o nome da cantora para não esquecer. Quando cheguei em casa acessei o Youtube e encontrei o videoclipe oficial da música. Por favor, assistam e confiram essa cantora maravilhosa:




     Descobri que a música era da trilha sonora da novela Pega Pega (eu não assisto novela, e isso explica o desconhecimento da música). Depois fui fuçar o canal da cantora no YouTube e descobri mais dois álbuns da cantora. Achei tão maravilhoso ela disponibilizar todos os álbuns completos em seu canal, por isso precisamos valorizar cada vez mais a produção musical brasileira e pelo simples fato que há um custo por trás da produção de cada álbum.
       Monique nasceu no Rio de Janeiro em 14 de fevereiro de 1984, é cantora, compositora e multi-instrumentista. Aos 9 anos, Monique mostrou sua habilidade musical no Festival de Música Idishe do Clube Hebraica ao cantar solo à frente de um coral. No ano seguinte começou a estudar piano clássico e popular, canto lírico e popular, violão com seu irmão Denny Kessous, além de aprender sozinha percussões como cajon e pandeiro. (1, 2)                     Aos 16 anos trabalhou com o produtor musical Roberto Menescal para gravação de vocal para o álbum de Simone Moreno, e também, trabalhou na gravação de coro para faixa cantada por Chico no CD de Paulo César Feital e Jorge Simas. (1)
       Em 2001 fez seu primeiro show solo no Teatro Ipanema, e logo em seguida formou o grupo Entretantos, com seu irmão Denny no violão, o guitarrista João Arruda e a percussionista Jadna Zimmerman. (2)
      Após um show, Monique foi convidada pelo produtor musical Alberto Rosenblit para gravar um demo. Roberto Menescal ouviu o cd e fez uma música Comunique-se, que depois ganhou letra de Monique. Em 2005, Roberto Menescal convidou Monique para gravação do projeto “Liverpool Bossa” (2007). (1, 2) 
     Monique gravou seu primeiro álbum, “Com essa cor” em 2008; em 2010 gravou o álbum, “Monique Kessous”. Em 2011 ganhou o Prêmio MultiShow de Artista Revelação, e no seguinte participou de turnê na Alemanha com Paulinho Moska e Elba Ramalho. A canção "Frevo meio envergonhado" foi gravada em 2013 por Elba e intitulo o álbum com uma das frases da canção: "Vambora lá dançar". (2)                                               
       Em 2016 lançou o seu álbum mais recente, “Dentro de mim cabe o mundo”, o qual tem a música que falei para vocês no início do texto.  As músicas de Monique fizeram parte de trilhas sonoras de algumas novelas: “Com essa cor” – Ciranda de Pedra (2008); “Pitangueira” – Paraíso (2009); “Coração” – Cordel Encantando (2011); “Calma aí” – Sangue bom (2013); “Eu sem você” – Pega Pega (2017). (2)
          Aproveitem o canal no Youtube de Monique, além dos álbuns completos vocês podem conferir outros vídeos dessa cantora maravilhosa. As músicas são tão lindas, com letras e melodias que se encaixam perfeitamente. Eu, particularmente, estou adorando as obras dela. Parabéns, Monique pelo seu talento.

Fonte



Texto: Winnie Gomes
Tecnologia do Blogger.